Post confuso, não leia

Me irrita minha mania de querer fazer tudo sempre nos mínimos detalhes, e nunca conseguir.
Eu consigo fazer uma amálgama de vadiagem e perfeccionismo que nem mesmo eu acredito.

Exemplo: Sou capaz de levar um semestre para lavar as bocas do fogão. Mas quando as lavo, quero que brilhem como rubis. Depois anoto tudo o que tenho que fazer (desde acordar de manhã, até procurar emprego) e então esqueço essas anotações na mochila ou em casa, em meio a xícaras vazias e mais papel.

O pior é que, apesar de toda essa zona muito raramente eu perco um compromisso – na maioria das vezes cumpro-os na última hora mesmo.

Talvez seja isso que me irrita, essa vontade de controlar o mundo com uma caneta, e não conseguir por razões óbvias. Ou talvez o meu mundo seja regido por canetas bic, de ponta média. Sou indeciso, bagunçado, vivo num carrossel de dúvidas sobre as coisas que quero, quase sempre confundindo hobbys com profissão. Tenho noções vagas sobre as mais variadas coisas inúteis e economicamente inviáveis.

Resumido, sou um metódico preguiçoso (o que é, digamos, um pouco complicado). Impulsivo: eu quero e eu quero AGORA. Daí passa esse fogo inicial e eu esqueço. Organizadamente desorganizado, eu queria me entender.

E meu relógio biológico é paraguaio.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s